Cookies são pequenos ficheiros de texto transferidos para o seu computador cada vez que visita um sítio.

AVISO GERAL - NOVA PÁGINA WWW.AESAS.PT

AVISA-SE TODA COMUNIDADE QUE IREMOS PROCEDER À RENOVAÇÃO DOS NOSSOS CANAIS DE COMUNICAÇÃO

Assim nesta página deixaremos de publicar noticias, passando apenas a publicar em WWW.AESAS.PT

A nossa página do FACEBOOK será também em BREVE renovada!

Bom ano letivo para todos !!!

APESAS: ESTUDO DO CNE SUSTENTA AUTONOMIA PARA A ESAS

APESAS

ESTUDO DO CNE SUSTENTA AUTONOMIA PARA A ESAS

No dia em que são conhecidos alguns pormenores sobre o relatório "Estado da Educação 2012 - Autonomia e Descentralização", elaborado pelo Conselho Nacional de Educação, a Associação de Pais da Escola Secundária de Alberto Sampaio, em Braga, não pode deixar de lamentar que o Ministério da Educação e Ciência se mantenha numa posição de mutismo selectivo face à proposta de Contrato de Autonomia que a Escola Secundária de Alberto Sampaio (ESAS) atempadamente apresentou, depois de discutida com os parceiros envolvidos.

Entre outros números e preocupações com o rumo da Educação, este relatório, elaborado por uma entidade independente, chama a atenção para o facto de, nos jovens entre os 18 e os 24 anos, 23,2% não terem concluído o 12º ano. Este número é deveras preocupante, para além do mais porque a meta definida pelos países da União Europeia para 2020 é ter menos de 10% de jovens a abandonar o ensino antes de terminar o secundário.

É a esta questão, dramática para muitos alunos, que o contrato de autonomia apresentado pela ESAS pretende dar uma resposta alternativa, propondo aos jovens experienciarem diferentes áreas do saber, não os limitando nas suas expectativas futuras, antes as alavancando numa formação muito mais sólida e diversificada, com opções curriculares que promovem o sucesso escolar de forma a que os alunos não acumulem retenções e insucesso, antes se tornem cidadãos conscientes e interventivos, contribuindo para uma visão integradora da escola e de promoção social entre os jovens.

 

A aprovação do Contrato de Autonomia da ESAS, a acontecer, abrirá uma nova via para o Ensino Secundário, proporcionando a um número muito maior de alunos, nossos filhos e filhas, a possibilidade de concluir o Ensino Secundário e, assim, cumprir a meta definida pela própria União Europeia. A Associação de Pais da Escola Secundária de Alberto Sampaio quer crer que o Ministério da Educação e Ciência não deixará de encarar estes números com a preocupação que merecem e de olhar diferentes formas de organizar o Ensino Secundário para combater o abandono escolar, de entre as quais se terá que equacionar a proposta apresentada pela ESAS, e, consequentemente, não avançando cegamente pela constituição de mega-agrupamentos, ao arrepio de todos os estudos e de todas as posições dos parceiros que o próprio MEC consultou.

 

A Direção da APESAS

RTP Notícias

CNE